Hoje é sexta, ou ja é sabado?
Whatever, é dia de receber uma boa dose de poesia depois de uma boa dose de vodka (ou cerveja, como preferir)! :}


E hoje é dia de Cecília Meireles!
Para quem não entendeu eu explico: vou postar aqui um poema e uns trechinhos legais da antologia que estou lendo! Divirtam-se (se é que depois de duas cervejas isto é possivel)!


CANÇÃO


Pus o meu sonho num navio
e o navio em cima do mar;
- depois abri o mar com as mãos,
para o meu sonho naufragar.

Minhas mãos ainda estão molhadas
do azul das ondas entreabertas,
e a cor que escorre dos meus dedos
colore as areias desertas.

O vento vem vindo de longe,
e a noite se curva de frio;
debaixo da água vai morrendo
meu sonho, dentro de um navio...

Chorarei quanto for preciso,
para fazer com que o mar cresça,
e o meu navio chegue ao fundo
e o meu sonho desapareça.

Depois, tudo estará perfeito:
praia lisa, águas ordenadas,
meus olhos secos como pedras
e as minhas duas mãos quebradas.



..............................................................................................................

"E silenciosos, como alguém que se acostuma
A caminhar sobre penumbras, mansamente,
Meus sonhos surgem, frágeis, leves como espuma...

Põem-se a tecer frases de amor, uma por uma
E os galos cantam, no crepúsculo dormente..." (Suavissima em Baladas para El-Rei)

"Ama sem amor.
Ama sem querer.
Ama sem sentir.
Ama como se fosses outro.
Como se fosses amar.
Sem esperar."
(Cântico VII em Cânticos)

"Eu canto porque o instante existe
e a minha vida está completa.

Não sou alegre nem sou triste:
sou poeta.

(...)

Sei que canto. E a canção é tudo.
Tem sangue eterno a asa ritmada.
E um dia sei que estarei mudo:
- mais nada."
(Motivo em Viagem)

"Tu, que foste minha paixão,
virás a mim, pelo meu gosto,
e de muito além do meu rosto
meus olhos te percorerrão.

(...)

E ondas seguidas de saudade,
sempre na tua diração,
caminharão, caminharão,
sem nenhuma finalidade."
(A Última Cantiga em Viagem)


..............................................................................................................
Por hoje é só! Mas o livro esta looooonge de acabar...
Aguado (aguardem) os proximos episódios! (:

3 comentários

  1. luz on 24 de janeiro de 2009 22:40

    este livro fez-te muito bem.

     
  2. Deborah on 24 de janeiro de 2009 23:36

    tenho preguiça de poesia.

     
  3. quem? on 6 de março de 2009 19:25

    saudade! cadê?

     


Postar um comentário